RSS

Arquivo da tag: amigo

Amizade em tempos modernos

775_smartphones-restaurantes.jpg

Amizade em tempos modernos.

Amigo é coisa pra se guardar, debaixo de sete chaves, dentro do coração…

Começo este post com um trecho da música do Milton Nascimento. Isso é de um tempo não tão distante, mas com essa onda de redes sociais, as pessoas se gabam de ter mais de mil ou dois mil amigos, até parecem que querem se comparar com o rei Roberto Carlos, “… eu quero ter um milhão de amigos…”. Mas quantos são de verdade? Todos, você me responde. O que quero dizer é, quantos você já cumprimentou com um aperto de mão ou um abraço ou um cordial bom dia? 20? Quantos te convidam ou convidaram para sair, para ir uma festa ou simplesmente conversar? 10? Quantos vão na tua casa para saber como você está e você tem o prazer de receber e oferece ao menos um copo de água? Cinco? Menos?

Pois então. Uma vez eu ouvi alguém dizer que, na vida, temos que ter pelo menos seis amigos fiéis, de verdade, que são os que vão segurar a alça do seu caixão. A tecnologia das redes sociais foi um avanço bombástico, possibilitando encontros e “reencontros” de pessoas e parentes há muito separados.

Será?

As redes sociais, em alguns casos, potencializa o “eu interior”, ou seja, se a pessoa é tímida, fica mais tímida.

Mas o que eu quero dizer é que o indivíduo fica horas “conversando” pelas redes sociais e no dia seguinte, no trabalho, na escola ou na faculdade se comportam como estranhos.

Eu já vi, grupos de pessoas reunidas, jovens principalmente, todos concentrados em seus celulares, tablets e smartphones, com aquele brilho fantasmagórico azulado no rosto, como se fossem “zumbis” todos em silêncio sepulcral, olhos vidrados, boca semi-aberta e braços levantados a frente do corpo, como se fosse uma conversa telepática.

As vezes eu acho que não estamos mais evoluindo e sim “involuindo”.

Não se fala mais em novas invenções. Será que não existe mais nada para ser inventado?

Uma das principais coisas que nos diferem dos animais, são os dedos opositores, principalmente o polegar, porém vai ser esse dedo responsável por nossa ruína.

… talvez escreva um poema,

no qual grite o seu nome.

Nem sei se vale a pena,

talvez só telefone…”

Biquini Cavadão – Timidez.

Silvio Alex

Porque eu sou, sincero.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de março de 2013 em Amigos

 

Tags: , , , , , , , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: