RSS

Amizade em tempos modernos

775_smartphones-restaurantes.jpg

Amizade em tempos modernos.

Amigo é coisa pra se guardar, debaixo de sete chaves, dentro do coração…

Começo este post com um trecho da música do Milton Nascimento. Isso é de um tempo não tão distante, mas com essa onda de redes sociais, as pessoas se gabam de ter mais de mil ou dois mil amigos, até parecem que querem se comparar com o rei Roberto Carlos, “… eu quero ter um milhão de amigos…”. Mas quantos são de verdade? Todos, você me responde. O que quero dizer é, quantos você já cumprimentou com um aperto de mão ou um abraço ou um cordial bom dia? 20? Quantos te convidam ou convidaram para sair, para ir uma festa ou simplesmente conversar? 10? Quantos vão na tua casa para saber como você está e você tem o prazer de receber e oferece ao menos um copo de água? Cinco? Menos?

Pois então. Uma vez eu ouvi alguém dizer que, na vida, temos que ter pelo menos seis amigos fiéis, de verdade, que são os que vão segurar a alça do seu caixão. A tecnologia das redes sociais foi um avanço bombástico, possibilitando encontros e “reencontros” de pessoas e parentes há muito separados.

Será?

As redes sociais, em alguns casos, potencializa o “eu interior”, ou seja, se a pessoa é tímida, fica mais tímida.

Mas o que eu quero dizer é que o indivíduo fica horas “conversando” pelas redes sociais e no dia seguinte, no trabalho, na escola ou na faculdade se comportam como estranhos.

Eu já vi, grupos de pessoas reunidas, jovens principalmente, todos concentrados em seus celulares, tablets e smartphones, com aquele brilho fantasmagórico azulado no rosto, como se fossem “zumbis” todos em silêncio sepulcral, olhos vidrados, boca semi-aberta e braços levantados a frente do corpo, como se fosse uma conversa telepática.

As vezes eu acho que não estamos mais evoluindo e sim “involuindo”.

Não se fala mais em novas invenções. Será que não existe mais nada para ser inventado?

Uma das principais coisas que nos diferem dos animais, são os dedos opositores, principalmente o polegar, porém vai ser esse dedo responsável por nossa ruína.

… talvez escreva um poema,

no qual grite o seu nome.

Nem sei se vale a pena,

talvez só telefone…”

Biquini Cavadão – Timidez.

Silvio Alex

Porque eu sou, sincero.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de março de 2013 em Amigos

 

Tags: , , , , , , , , ,

BBI

CONCLAVE

BBI

Vai começar o maior Big Brother da Itália. O conclave.

Podemos chamar de BBI. Big Brother de Idosos. A maior concentração de idosos que falam várias línguas, mas ninguém consegue se entender.

Já estão formando as panelinhas, as intrigas o “eu disse” “eu não disse”. Como falou um deles a uma repórter, quando foi abordado sobre a declaração de que não votaria no arcebispo de São Paulo, mas sim no cardeal do Canadá.

Cada um com uma plataforma, está difícil comunicarem entre si, para um acordo de quais são os melhores candidatos.

Segundo fontes internas, se não houver um consenso, o BBI deve durar semanas.

Enquanto isso, o povo vai ficar com torcicolo de tanto “dar uma espiadinha” na chaminé esperando a fumaça mudar de cor.

Porque eu sou sincero.

Silvio Alex

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de março de 2013 em Mundo

 

Tags: , , , ,

Bem vindo ao meu site…

Humor ácido e sinceridade na ponta da língua.

Para o primeiro post, eu preparei isto para vocês.

Eu raramente vejo a rede Globo, mas hoje, enquanto eu estava me arrumando para sair, a TV estava ligada na Faustão que estava premiando os melhores do ano de 2012. Não sei para quê isso mas tudo bem. Devia derreter tudo e usar o dinheiro para ajudar as vítimas de deslizamento de Santos e São Vicente.

E eis que estava na escolha do melhor humorista e estava lá: Leandro Hassum, Fernanda Torres e Rodrigo Sant’anna (aquele cara que se veste de mulher no Zorra Total).

Pensei comigo, “Leandro Hassum, é óbvio” o cara é humorista até dormindo. Se ele cai na rua, levanta e diz “como a gravidade é forte aqui”. É o tipo de cara que não perde a piada, mesmo que não tenha nenhuma. Fernanda Torres então, dispensa comentários, o talento está no sangue, e os dois de cara limpa.

Mas quem vota é o povo né? Ganhou o que se traveste de mulher. O povo nunca foi muito qualificado para votar mesmo, pois vivem votando em gente disfarçadas.

Porque eu sou sincero.

Silvio Alex

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de março de 2013 em Uncategorized

 
 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 307 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: